Hymenolobium spp. – Leguminosae Papilionoideae

angelim · angelim-amarelo · angelim-da-mata · angelim-do-pará · angelim-macho · mirarema
H. patraeum Ducke, H. excelsum Ducke, H. sericeum Ducke, H. pulcherrimum Ducke, H. heterocarpum Ducke, H. nitidum Benth, H. modestum Ducke, H. complicatum Ducke, H. elatum Ducke

  • CARACTERÍSTICAS GERAIS: cerne marrom-amarelado-claro, distinto do alburno marrom-pálido. Aspecto fibroso acentuado na face tangencial, devido ao destaque do parênquima axial, das fibras e das linhas vasculares. Grã revessa, textura grossa, brilho ausente e cheiro imperceptível.
  • DENSIDADE: madeira de densidade média, com densidade a 12% de umidade de 710 kg/m3 para o H. petraeum e de 770 kg/m3 para o H. modestum e densidade verde de 1.190 kg/m3 em ambas as espécies.
  • SECAGEM: muito rápida em estufa, apresentando pequena tendência a torcimento e arqueamento médios, no programa de secagem 4.
  • TRABALHABILIDADE: fácil de trabalhar. Acabamento de regular a bom na plaina, torno e broca.
  • DURABILIDADE: cerne muito durável a durável, quando exposto a fungos da podridão-branca e parda, e moderadamente resistente a brocas marinhas. Resistente a cupins de madeira seca.
  • PRESERVAÇÃO: alburno muito fácil e cerne difícil de preservar com creosoto e com CCA-A, em tratamento sob pressão.
  • USOS: construção civil, móveis e outros.

Fonte: Labratório de Produtos Florestais – IBAMA-Brasília.