Parkia pendula (Willd.) Benth. ex Walp. Leguminosae Mimosoideae

angelim-bolota · angelim-saia (MT) · arara-tucupi (AM) · esponja (AM) · fava-bolota (AM) · faveira faveira-benguê · jueirana-vermelha · muirarema · orelha-de-macaco · paricá-grande

  • CARACTERÍSTICAS GERAIS: cerne marrom-claro a marrom, distinto do alburno amarelo-pálido. Anéis de crescimento pouco distintos, grã direita a revessa, textura média a grossa, brilho moderado e cheiro imperceptível.
  • DENSIDADE: madeira leve, com densidade a 12% de umidade de 600 kg/m3 e densidade verde de 1.130 kg/m3.
  • SECAGEM: rápida a muito rápida em estufa, apresentando leve tendência a rachaduras médias e a encanoamento moderado, no programa de secagem 1.
  • TRABALHABILIDADE: plaina: fácil de trabalhar, acabamento ruim; lixa: fácil de trabalhar, acabamento regular e broca: fácil de trabalhar, acabamento regular.
  • DURABILIDADE: em ensaios de laboratório, mostrou ser moderadamente resistente ao ataque de fungos apodrecedores e de baixa resistência ao ataque de cupins.
  • PRESERVAÇÃO: o alburno é muito fácil de preservar com creosoto e com CCA-A, quando tratado sob pressão. O cerne não é tratável com nenhum dos preservativos.
  • USOS: construção civil, embarcações, móveis, artigos domésticos decorativos, brinquedos, artigos domésticos utilitários, compensados e outros.

Fonte: Laboratório de Produtos Florestais – IBAMA-Brasília